quarta-feira / 95 notas / reblog
Desespero

As vezes eu penso em desistir, eu me imaginou caindo do décimo quarto andar me esborrachando na avenida conjestionando o trânsito. Vejo meu sangue pintando o asfauto de vermelho e meus problemas escorrendo desse mundo. Mas eu não tenho coragem pra isso. Pois por mais que digam o contrário o suicídio é o ato mais corajoso que alguém pode tomar, insano, mas corajoso. A verdade é que me sinto só, completamente e pateticamente sozinho. E sem nem um sopro de ar pra aliviar meus pulmões cansados. Eu me lembro que sempre fui atraído por lugares altos, desde criança sempre imaginei como seria voar. Hoje em dia imagino como seria cair.
Eu não gosto do que vejo no espelho, não gosto de olhar as palmas das minhas mãos e meus dedos esbranquiçados. Eu sou um completo fracasso disfarçado e embrulhado num pacote bonito com um laço de cetim bem feito. Eu sinto a minha vontade de viver escorrendo a cada dia que passa, e uma hora ela vai chegar ao fim. Sempre que vejo l tempo fechando penso que vai ser minha ultima noite. Mas o dia sempre chega, as vezes sem sol e sem nenhum risco de azul, mas chega. Antes não chegasse, acordar toda manhã com o barulho do despertador e saber que tenho que levantar me deprime ainda mais. Mas aprendi a fingir, sei sorrir com lágrimas nos olhos, e dizer que esta tudo bem com o coração apertado e ferido.
As coisas não melhoram, e a cada hora, a cada mês, a cada ano que passa tenho mais certeza que não melhorarão. Eu estou ocupando espaço e roubando a vida daqueles que morrem todos os dias em vão. Porque eu ainda estou aqui? Porque ainda continuo? Porque insisto?…

Não tenho medo de morrer, temo ser esquecido. Mas serei, aos poucos. Como a maioria será.

27 de agosto de 2013, terça-feira 17:55

Eu me apaixonei por você.

Notei sua barba espessa, suas sobrancelhas cheias e seus olhos escuros e comprimidos. 

E tinha mais alguma coisa que eu não conseguia explicar, mas atraia como um super ima meu coração de lata velha na sua direção.

Eu estava ferrado, mas só perceberia alguns dias depois.

sexta-feira / 0 notas / reblog
quinta-feira / 66.592 notas / reblog